// GOOGLE ANALYTICS
FIES
PROGRAMA DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (GOVERNO FEDERAL)








O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

Quem pode solicitar o FIES?
Podem solicitar o financiamento os estudantes pr√©‚Äďselecionados no processo seletivo do FIES em cursos presenciais de gradua√ß√£o n√£o gratuitos com avalia√ß√£o positiva no Sistema Nacional de Avalia√ß√£o da Educa√ß√£o Superior (SINAES), oferecidos por institui√ß√Ķes de ensino superior participantes do Programa, e que atendam as demais exig√™ncias estabelecidas nas normas do FIES para essa finalidade.

Quem NÃO pode solicitar o FIES?
√Č vedada a inscri√ß√£o no FIES a estudante:
- Que n√£o tenha sido pr√©‚Äďselecionado no processo conduzido pelo MEC;
- Cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição;
- Que j√° tenha sido beneficiado com financiamento do FIES, exceto o estudante financiado pelo programa que mediante requerimento ao Agente Operador do Fundo comprovar o n√£o usufruto do financiamento e o encerramento antecipado do contrato;
- Inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
- Que tenha concluído curso superior;
- Benefici√°rio de bolsa integral do ProUni;
- Beneficiário de bolsa parcial do ProUni em curso ou IES distintos da inscrição no FIES;
- Que tenha participado do Exame Nacional do Ensino M√©dio Enem ‚Äď a partir da edi√ß√£o de 2010 e obtido m√©dia aritm√©tica das notas nas provas inferior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e/ou nota na reda√ß√£o igual a 0 (zero);
- Cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a 2,5 (dois e meio) salários mínimos.

√Č exigido o ENEM para o FIES?
Sim. A seleção dos estudantes aptos para a contratação do FIES, a partir do primeiro semestre de 2016, será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos no Exame Nacional do Ensino Médio - Enem, observadas as demais normas estabelecidas pelo Ministério da Educação, sendo exigida:
Média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem igual ou superior a quatrocentos e cinquenta pontos;
- Nota na redação do Enem diferente de zero.

O FIES financia todos os cursos? Existe algum limite financeiro para os cursos?
Poder√£o ser financiados os cursos de gradua√ß√£o com conceito maior ou igual a 03 (tr√™s) no Sistema Nacional de Avalia√ß√£o da Educa√ß√£o Superior (SINAES), ofertados pelas institui√ß√Ķes de ensino superior participantes do FIES.

Os cursos que ainda não possuam avaliação no SINAES e que estejam autorizados para funcionamento, segundo cadastro do MEC, também poderão participar do Programa.

Qual é a taxa de juros do FIES?
A taxa efetiva de juros do FIES é de 6,5% ao ano para todos os cursos.

Como faço para me inscrever no FIES?
A inscri√ß√£o no FIES ser√° efetuada exclusivamente pela internet, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), dispon√≠vel nas p√°ginas eletr√īnicas do Minist√©rio da Educa√ß√£o e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educa√ß√£o - FNDE.

Confira o passo a passo para solicitar o financiamento:
1¬į Passo: Inscri√ß√£o no Sistema de Sele√ß√£o do Fies (Fies Sele√ß√£o)
O primeiro passo para efetuar a inscri√ß√£o consiste em acessar o Sistema de Sele√ß√£o do FIES (FIES Sele√ß√£o) e informar os dados solicitados. No primeiro acesso, o estudante informar√° seu n√ļmero de Cadastro de Pessoa F√≠sica (CPF), sua data de nascimento, um endere√ßo de e-mail v√°lido e cadastrar√° uma senha que ser√° utilizada sempre que o estudante acessar o Sistema. Ap√≥s informar os dados solicitados, o estudante receber√° uma mensagem no endere√ßo de e-mail informado para valida√ß√£o do seu cadastro. A partir da√≠, o estudante acessar√° o FIES Sele√ß√£o e far√° sua inscri√ß√£o informando seus dados pessoais, do seu curso e institui√ß√£o.

2¬į Passo: Inscri√ß√£o no SisFIES
O estudante pr√©‚Äďselecionado dever√° acessar o SisFIES e efetivar sua inscri√ß√£o, em at√© 5 (cinco) dias corridos a contar da divulga√ß√£o de sua pr√©‚Äďsele√ß√£o, informando os dados de financiamento a ser contratado.

3¬ļ Passo: Valida√ß√£o das informa√ß√Ķes
Ap√≥s concluir sua inscri√ß√£o no SisFIES, o estudante dever√° validar suas informa√ß√Ķes na Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Acompanhamento (CPSA), em sua institui√ß√£o de ensino, em at√© 10 (dez) dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclus√£o da sua inscri√ß√£o. A CPSA √© o √≥rg√£o respons√°vel, na institui√ß√£o de ensino, pela valida√ß√£o das informa√ß√Ķes prestadas pelo candidato no ato da inscri√ß√£o.

4¬ļ Passo: Contrata√ß√£o do financiamento
Ap√≥s a valida√ß√£o das informa√ß√Ķes, o estudante, e se for o caso, seu(s) fiador(es) dever√£o comparecer a um agente financeiro do FIES em at√© 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia √ļtil imediatamente subsequente √† data da valida√ß√£o da inscri√ß√£o pela CPSA, para formalizar a contrata√ß√£o do financiamento.

No ato da inscri√ß√£o no SisFIES, o estudante escolher√° a institui√ß√£o banc√°ria, assim como a ag√™ncia de sua prefer√™ncia, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econ√īmica Federal os atuais Agentes Financeiros do Programa.
Atenção! Os prazos para validação da documentação junto à CPSA e para comparecimento à instituição bancária começam a contar a partir da conclusão da inscrição no SisFIES e da validação da inscrição na CPSA, respectivamente, e não serão interrompidos nos finais de semana ou feriados.

Qual documentação deve ser apresentada pelo estudante à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA)?
Ap√≥s concluir sua inscri√ß√£o no SisFIES, o estudante dever√° procurar a Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Acompanhamento (CPSA) em sua institui√ß√£o de ensino e validar as informa√ß√Ķes prestadas. A documenta√ß√£o que deve ser apresentada na CPSA pode ser consultada na Portaria Normativa MEC N¬ļ 10/2010 em seus anexos.

√Č vedado √† CPSA efetuar a valida√ß√£o das informa√ß√Ķes prestadas pelo estudante no m√≥dulo de inscri√ß√£o do SisFIES, bem como da documenta√ß√£o por este apresentada para habilita√ß√£o ao financiamento estudantil, em curso para o qual n√£o tenha sido confirmada a forma√ß√£o da respectiva turma na IES.

Ap√≥s a valida√ß√£o das informa√ß√Ķes pela CPSA, qual documenta√ß√£o deve ser apresentada pelo estudante √† institui√ß√£o banc√°ria?
Para efetuar a contratação do financiamento deverão ser apresentados os documentos (originais e fotocópias):

Documentos do aluno:
- Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES (CPSA);
- Termo de concessão ou de atualização do usufruto de bolsa parcial do ProUni, quando for o caso;
- Documento de identificação;
- CPF próprio e, se menor de 18 anos de idade não emancipado, CPF do seu representante legal;
- Certid√£o de casamento, CPF e documento de identifica√ß√£o do c√īnjuge, se for o caso;
- Comprovante de residência.
- Documentos do fiador (no caso da opção por fiança convencional ou fiança solidária):

Documento de identificação;
- CPF;
- Certid√£o de casamento;
- CPF e documento de identifica√ß√£o do c√īnjuge, se for o caso;
- Comprovante de residência;
- Comprovante de rendimentos, salvo no caso de fiança solidária.

O que acontece se o estudante não comparecer à CPSA ou ao Agente Financeiro nos prazos estabelecidos?
Caso o estudante não compareça à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) ou ao Agente Financeiro (instituição bancária) nos prazos determinados, a inscrição será cancelada.

Como o estudante deve proceder com o aditamento de renovação semestral?
O aditamento de renova√ß√£o semestral dos contratos de financiamento, simplificados e n√£o simplificados, dever√£o ser realizados por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), mediante solicita√ß√£o da Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Acompanhamento (CPSA) e confirma√ß√£o eletr√īnica pelo estudante financiado.

Ap√≥s a solicita√ß√£o do aditamento pela CPSA, o estudante dever√° verificar se as informa√ß√Ķes inseridas no SisFIES est√£o corretas e:
I ‚ÄĒ em caso positivo, confirmar a solicita√ß√£o de aditamento em at√© 20 (vinte) dias contados a partir da data da conclus√£o da solicita√ß√£o e, em seguida, comparecer √† CPSA para retirar uma via do Documento de Regularidade de Matr√≠cula (DRM), devidamente assinada pelo presidente ou vice‚ÄĒpresidente da Comiss√£o;
II ‚ÄĒ em caso negativo, rejeitar a solicita√ß√£o de aditamento e entrar em contato com CPSA para sanar as incorre√ß√Ķes e solicitar o reinicio do processo de aditamento.
Em se tratando a solicita√ß√£o de aditamento n√£o simplificado, o estudante, ap√≥s assinar o DRM, dever√° dirigir‚ÄĒse ao Agente Financeiro, acompanhado do seu representante legal e dos fiadores, quando for o caso, para formalizar o aditamento ao contrato de financiamento em at√© 10 (dez) dias contados a partir do terceiro dia √ļtil imediatamente subseq√ľente √† data da confirma√ß√£o da solicita√ß√£o de aditamento.

Existe um percentual mínimo de financiamento pelo FIES?
Não. Existe valor mínimo a ser financiado de R$ 100,00 (cem reais) por mês. O percentual de financiamento dos encargos educacionais será definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita.

Existe um percentual m√°ximo de financiamento pelo FIES?
N√£o. O percentual de financiamento dos encargos educacionais ser√° definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

O estudante poder√° optar por percentual de financiamento inferior ao disponibilizado, em intervalos com varia√ß√Ķes de cinco em cinco pontos percentuais;
O percentual de financiamento contratado poderá ser reduzido por solicitação do estudante no período de aditamento do contrato, sendo vedado qualquer aumento posterior, inclusive para retornar ao percentual de financiamento inicialmente contratado.

O percentual do financiamento poder√° ser aumentado?
Somente o estudante bolsista parcial do ProUni poderá elevar o percentual de financiamento do FIES quando do aditamento de renovação semestral, desde que a bolsa do ProUni seja no mesmo curso e IES onde possuí o financiamento estudantil.

Na hipótese de decurso de prazo para validação da solicitação de renovação, o que o estudante pode fazer?
√Č facultado √† CPSA realizar nova solicita√ß√£o de renova√ß√£o, desde que esteja vigente o prazo regulamentar para essa finalidade.

Como calcular o percentual de comprometimento da renda?
Para calcular o percentual de comprometimento da renda é necessário primeiro dividir por 6 (seis) o valor da semestralidade com desconto, obtendo assim o valor da mensalidade com desconto. Dividindo o valor da mensalidade com desconto pela renda familiar mensal bruta per capita e multiplicando esse resultado por 100 (cem), obtemos o percentual de comprometimento.

Exemplo:
Semestralidade com desconto: R$ 3.600,00
Mensalidade com desconto: R$ 600,00 (R$ 3.600,00 √∑ 6)
Renda familiar mensal bruta per capita: R$ 1.000,00
Percentual de comprometimento: 60% [(R$ 600,00 √∑ R$ 1.000,00) * 100]

O estudante que j√° pagou alguma mensalidade do semestre poder√° ser ressarcido, caso contrate o financiamento?
Sim. Caso a contratação do financiamento aconteça no decorrer do semestre, a instituição de ensino deverá ressarcir ao estudante financiado o valor referente aos repasses recebidos de parcelas da semestralidade já pagas pelo estudante.

√Č necess√°rio ter um fiador para ter acesso ao financiamento?
Para contratação do financiamento é exigida a apresentação de fiador. Existem dois tipos de fiança: a fiança convencional e a fiança solidária.

Ficam dispensados da exigência de fiador os alunos bolsistas parciais do ProUni, os alunos matriculados em cursos de licenciatura e os alunos que tenham renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio.

Todos os estudantes podem trabalhar na rede p√ļblica em troca da quita√ß√£o de suas parcelas?
N√£o. Somente estudantes financiados pelo FIES em cursos de licenciatura, pedagogia ou normal superior, em efetivo exerc√≠cio na rede p√ļblica de educa√ß√£o b√°sica e estudantes graduados em medicina, integrantes de equipe de sa√ļde da fam√≠lia oficialmente cadastrada.

Quais critérios devem ser seguidos para conseguir o benefício?
Licenciatura
Ser professor da rede p√ļblica de educa√ß√£o b√°sica, em efetivo exerc√≠cio, com carga hor√°ria de, no m√≠nimo, 20 horas semanais, que cursou ou que esteja cursando licenciatura, pedagogia ou normal superior e tenha a situa√ß√£o de seu respectivo financiamento na condi√ß√£o de ativo e adimplente no agente financeiro.
Os meses trabalhados para fins da concessão do abatimento são todos aqueles em efetivo exercício a partir de janeiro de 2010.
Durante o per√≠odo em que o professor fizer jus ao benef√≠cio, fica desobrigado do pagamento das presta√ß√Ķes do financiamento.
A desobriga√ß√£o do pagamento das presta√ß√Ķes ser√° mantida enquanto o professor fizer jus ao abatimento. Nesse per√≠odo ser√£o informados e validados os meses efetivamente trabalhados para fins de contagem do abatimento a ser concedido.
Se o valor total do abatimento n√£o for suficiente para liquidar o saldo devedor consolidado, dever√° retomar o pagamento das presta√ß√Ķes do financiamento at√© a liquida√ß√£o total do saldo devedor consolidado n√£o liquidado com o valor do abatimento.
As Secretarias de Educa√ß√£o dos Munic√≠pios, Estados e do Distrito Federal dever√£o confirmar as informa√ß√Ķes prestadas pelo professor referentes ao efetivo exerc√≠cio na rede p√ļblica de educa√ß√£o b√°sica. As informa√ß√Ķes dever√£o ser atualizadas pelo financiado e validadas pela respectiva Secretaria de Educa√ß√£o a cada ano para a operacionaliza√ß√£o do abatimento

Como requerer o benefício de abatimento de 1%?
Para requerer o benef√≠cio, o docente ou estudante deve formalizar o pedido no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educa√ß√£o (FNDE), autarquia do MEC que opera o financiamento estudantil. O FNDE disponibilizar√° neste s√≠tio um sistema espec√≠fico para que seja feito esse requerimento. Ao requerer o abatimento, o estudante dever√° informar os dados referentes ao seu contrato de financiamento e a Secretaria de Sa√ļde ou Educa√ß√£o a que se encontra vinculado. Ap√≥s receber a solicita√ß√£o de abatimento, o FNDE notificar√° o Agente Financeiro respons√°vel para a suspens√£o da cobran√ßa das presta√ß√Ķes referentes √† amortiza√ß√£o do financiamento. As Secretarias de Sa√ļde ou Educa√ß√£o dos Munic√≠pios, Estados e do Distrito Federal dever√£o confirmar as informa√ß√Ķes prestadas pelo estudante referentes ao efetivo exerc√≠cio na rede p√ļblica de educa√ß√£o b√°sica. As informa√ß√Ķes dever√£o ser atualizadas pelo financiado e validadas pela respectiva Secretaria de Sa√ļde ou Educa√ß√£o a cada ano para a operacionaliza√ß√£o do abatimento.

O estudante pode solicitar o abatimento com parcelas em atraso?
N√£o. Para solicitar o abatimento, o estudante financiado que esteja inadimplente ou com parcelas em atraso deve regularizar o pagamento dos juros e das presta√ß√Ķes do financiamento, devendo permanecer nessa situa√ß√£o at√© a concess√£o do benef√≠cio.

Professores que possuam contrato tempor√°rio poder√£o solicitar o abatimento?
Sim. O graduado ou estudante financiado pelo FIES poder√° solicitar o abatimento independentemente da natureza do v√≠nculo, se efetivo ou tempor√°rio, com a Uni√£o, o Estado, o Distrito Federal ou o munic√≠pio, desde que atenda √†s demais condi√ß√Ķes para a concess√£o do benef√≠cio.

O que é a dilatação de prazo de utilização do financiamento?
A dilata√ß√£o √© o aumento do prazo de utiliza√ß√£o do financiamento por at√© 2 (dois) semestres consecutivos, caso o estudante n√£o tenha conclu√≠do o curso at√© o √ļltimo semestre do financiamento.

Como e quando solicitar a dilatação de prazo de utilização do financiamento?
A solicita√ß√£o de dilata√ß√£o do prazo de utiliza√ß√£o do financiamento ser√° realizada pelo estudante, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), no per√≠odo compreendido entre o primeiro dia do √ļltimo m√™s do semestre de encerramento do curso e o √ļltimo dia do primeiro trimestre do semestre de refer√™ncia da dilata√ß√£o.

Após a solicitação no sistema, o pedido precisa ser validado pela Comissão Permanente de Supervisão e Avaliação (CPSA) da instituição de ensino superior em até 5 (cinco) dias e, em seguida, o estudante deverá efetuar o aditamento de renovação do financiamento para o semestre dilatado.

√Č poss√≠vel solicitar transfer√™ncia de institui√ß√£o e/ou curso durante o per√≠odo de dilata√ß√£o de financiamento?
Durante o per√≠odo de dilata√ß√£o do financiamento, a realiza√ß√£o de transfer√™ncia somente poder√° ocorrer quando destinar‚ÄĒse √† mudan√ßa de institui√ß√£o de ensino para conclus√£o do curso financiado e desde que a quantidade de semestres a cursar na institui√ß√£o de destino n√£o ultrapasse o prazo m√°ximo permitido para dilata√ß√£o.

Qual o período da transferência integral de curso?
O estudante poder√° transferir de curso uma √ļnica vez na mesma institui√ß√£o de ensino, desde que o per√≠odo transcorrido entre o m√™s de in√≠cio da utiliza√ß√£o do financiamento e o m√™s de desligamento do estudante do curso de origem n√£o seja superior a 18 (dezoito) meses.

No caso dos bolsistas parciais do ProUni poder√£o transferir‚Äďse de curso mais de uma vez, mesmo ap√≥s transcorridos os 18 (dezoito) meses.

A transfer√™ncia integral de curso poder√° ser solicitada pelo estudante a partir do primeiro dia do √ļltimo m√™s do semestre cursado ou suspenso na institui√ß√£o de ensino de origem at√© o √ļltimo dia do primeiro trimestre do semestre de refer√™ncia da transfer√™ncia.

Qual o período da transferência integral de IES?
O estudante poder√° transferir de institui√ß√£o de ensino uma √ļnica vez a cada semestre, n√£o sendo, neste caso, para fins do FIES, considerado transfer√™ncia de curso.

A transfer√™ncia integral de institui√ß√£o de ensino poder√° ser solicitada pelo estudante a partir do primeiro dia do √ļltimo m√™s do semestre cursado ou suspenso na institui√ß√£o de ensino de origem at√© o √ļltimo dia do primeiro trimestre do semestre de refer√™ncia da transfer√™ncia.

O que é a suspensão temporária do contrato de financiamento estudantil?
√Č a suspens√£o tempor√°ria da utiliza√ß√£o do financiamento mantida a dura√ß√£o regular do curso para fins de c√°lculo do prazo de amortiza√ß√£o do financiamento. 

Quando o estudante poderá solicitar a suspensão temporária da utilização do financiamento?
A suspens√£o tempor√°ria da utiliza√ß√£o do financiamento dever√° ser solicitada pelo estudante, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), at√© o 15¬ļ (d√©cimo quinto) dia dos meses de janeiro a maio, para o 1¬ļ semestre, e de julho a novembro, para o 2¬ļ semestre, e ter√° validade a partir do primeiro dia do m√™s seguinte ao da solicita√ß√£o.

A suspens√£o tempor√°ria do semestre para o qual o estudante n√£o tenha feito a renova√ß√£o semestral do financiamento poder√° ser solicitada em qualquer m√™s do semestre a ser suspenso e ter√° validade a partir do 1¬ļ (primeiro) dia do semestre suspenso.

Por quanto tempo o estudante poderá solicitar a suspensão temporária da utilização do financiamento?
A utilização do financiamento poderá ser suspensa temporariamente por até 2 (dois) semestres consecutivos, por solicitação do estudante e validação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) do local de oferta de curso, ou por iniciativa do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), agente operador do FIES.

√Č poss√≠vel ao estudante solicitar mais de 2 (duas) suspens√Ķes tempor√°rias da utiliza√ß√£o do financiamento?
Sim, excepcionalmente, por mais um semestre, na ocorrência de fato superveniente formalmente justificado pelo estudante e validado pela CPSA; ou por mais 2 (dois) semestres consecutivos, na ocorrência do encerramento de atividade de instituição de ensino aderente ao FIES, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação, até que seja realizada a transferência de instituição de ensino.

Como se dar√° a contagem da suspens√£o tempor√°ria do financiamento?
Independentemente do m√™s do semestre em que for solicitada a suspens√£o tempor√°ria, considerar‚ÄĒse‚ÄĒ√° o semestre integral para fins da contagem do prazo.

O que é o encerramento antecipado do contrato de financiamento estudantil?
√Č o encerramento antecipado da utiliza√ß√£o do financiamento e inicio das fases de car√™ncia e amortiza√ß√£o de contrato de financiamento estudantil.

O estudante deverá solicitar o encerramento quando terminar o prazo de utilização do financiamento?
Não. As fases de carência e amortização serão iniciadas automaticamente após a conclusão do período de utilização do financiamento.

Como e quando solicitar o encerramento antecipado do contrato de financiamento?
A solicita√ß√£o do encerramento do contrato de financiamento poder√° ser realizada pelo estudante, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES). A solicita√ß√£o dever√° ser realizada at√© 15¬ļ dia dos meses de janeiro a maio e de julho a novembro de cada ano.

O estudante que solicitar o encerramento poderá antecipar a fase de amortização do financiamento?
Sim. O estudante que optar pelo encerramento antecipado da utiliza√ß√£o do financiamento dever√° escolher uma das seguintes op√ß√Ķes:
I‚ÄĒ liquidar o saldo devedor do financiamento no ato da assinatura do Termo de Encerramento;
II ‚ÄĒ permanecer na fase de utiliza√ß√£o do financiamento e cumprir as fases de car√™ncia e amortiza√ß√£o de acordo com as condi√ß√Ķes pactuadas contratualmente.
III ‚ÄĒ antecipar a fase de car√™ncia do financiamento e cumprir a fase de amortiza√ß√£o de acordo com as condi√ß√Ķes pactuadas contratualmente; ou
IV ‚ÄĒ antecipar a fase de amortiza√ß√£o do financiamento e efetuar o pagamento das presta√ß√Ķes de acordo com as condi√ß√Ķes pactuadas contratualmente.

√Č exigida a assinatura do fiador no respectivo Termo de Encerramento?
Quando vinculadas a contratos de financiamento garantidos por fian√ßa convencional ou solid√°ria, ser√° exigida a assinatura do fiador para todas as op√ß√Ķes de encerramento, exceto no caso do estudante liquidar o saldo devedor do financiamento no ato da assinatura do Termo de Encerramento.


Caso o estudante queira permanecer na fase de utiliza√ß√£o do financiamento e cumprir as fases de car√™ncias e amortiza√ß√£o de acordo com as condi√ß√Ķes pactuadas contratualmente ser√° necess√°rio comprovar a condi√ß√£o de estudante regularmente matriculado?
A partir do 2¬ļ semestre do ano de 2013, o encerramento antecipado da utiliza√ß√£o do financiamento, na op√ß√£o de permanecer na fase de utiliza√ß√£o, ficar√° condicionado √† comprova√ß√£o da condi√ß√£o de estudante matriculado em curso superior e dever√° ser feita no agente financeiro por ocasi√£o da assinatura do Termo de Encerramento, mediante a apresenta√ß√£o de declara√ß√£o emitida pela institui√ß√£o de ensino detentora da matr√≠cula do estudante.

O estudante que encerrou antecipadamente seu financiamento poder√° obter novo financiamento do FIES?
Não será concedido novo financiamento para estudante que tenha encerrado o prazo de utilização do financiamento, mesmo que antecipadamente.

Para maiores informa√ß√Ķes acesse o site do FIEShttp://fies.mec.gov.br/