// GOOGLE ANALYTICS
NOTÍCIA
FIQUE POR DENTRO DA FAAG


FAAG lança curso superior de medicina
Graduação será oferecida a partir deste ano em Angola, inclusive para estudantes brasileiros
28/01/2019

Com a experiência adquirida na África há mais de 10 anos e com o conhecimento que possui em Angola, a FAAG acaba de lançar o “Projeto Medicina em Angola” para alunos brasileiros que têm o sonho de seguir essa carreira. Custos acessíveis, baixa concorrência de vagas e preparação para o Revalida no Brasil são os principais diferenciais do curso oferecido pela Faculdade de Agudos. 

O projeto auxilia os interessados a ingressar na UPRA (Universidade Particular de Angola), que possui o curso de medicina com duração de 6 anos e estágio a partir do 3º ano em instituições de ensino e de saúde, credenciadas em hospitais, clínicas e maternidades.
Paralelamente ao curso de medicina na UPRA, a partir do 3º ano, o aluno da FAAG tem aulas no Portal FAAG com professores brasileiros. A carga horária é de 1.600 horas com disciplinas específicas para a preparação para o Revalida, exame elaborado por reconhecidos especialistas em avaliação da educação médica, que proporciona maior agilidade, confiabilidade e eficácia nos processos de revalidação de diplomas médicos no Brasil.
Aos alunos da FAAG são oferecidas 12 disciplinas, ministradas no Portal FAAG por professores brasileiros a partir do 3º ano do curso. Neste mesmo período começam os simulados preparatórios para o Revalida. “Desenvolvemos uma metodologia para que os alunos tenham um resultado satisfatório no Revalida e consequentemente a autorização para exercício da medicina no Brasil”, destaca Marcia Vazzoler, mantenedora da FAAG.

Procedimentos
Para ingressar no curso de medicina em Angola, o aluno interessado deverá preencher o formulário de inscrição no site da FAAG (www.faag.com.br/medicina) e pagar a taxa de R$ 250,00. No dia da prova, marcada para 16 de fevereiro, às 9h, é imprescindível apresentar duas fotografias tamanho 3x4, coloridas e atuais; original do passaporte com validade superior a seis meses; declaração atualizada da escola em que concluiu o ensino médio; cópia do RG e CPF autenticada; e comprovante de residência; além do certificado internacional de vacina contra a febre amarela.

O resultado da prova será divulgado em três dias e as aulas têm previsão de início em março. “A FAAG prestará todo o suporte e orientações quanto ao visto de estudante e passagem aérea. Desde a saída de São Paulo até a chegada em Luanda os alunos terão todo o apoio logístico até estarem totalmente acomodados para o início das aulas”, acrescenta Marcia Vazzoler.

O “Projeto Medicina em Angola” engloba toda assessoria, orientação e acompanhamento do aluno durante os 6 anos de curso, desde o momento do vestibular até a sua formatura. No investimento estão inclusos o valor das mensalidades da instituição em que vai cursar medicina, moradia em Luanda, transporte, alimentação (café da manhã) e o curso preparatório para o Revalida. A passagem aérea não está inclusa nos custos mensais.

FAAG: 17 anos
A Faculdade de Agudos completa 17 anos de fundação no dia 2 de fevereiro. Sua história é marcada pela ousadia de expandir sua atuação educacional além das fronteiras do Brasil. Há mais de 10 anos oferece, na África, cursos de especialização e pós-graduação. Também mantém convênio em Portugal, na Universidade Fernando Pessoa. Na sede, em Agudos, contabiliza dez cursos superiores e muitas opções de MBA e especializações nas áreas de gestão, educação e saúde. Coincidentemente, ao completar 17 anos de funcionamento, lança o curso de medicina em parceria com a UPRA (Universidade Particular de Angola), incluindo mais uma opção de crescimento a seus alunos. 

Assessoria de imprensa