// GOOGLE ANALYTICS
NOTÍCIA
FIQUE POR DENTRO DA FAAG


Gestão de RH está em alta e oferece altos salários
Empresas buscam encontrar os melhores gestores para o desenvolvimento das equipes
14/02/2019

Avaliar as qualidades de cada funcionário e desenvolver suas potencialidades para melhor posicioná-lo na empresa. É esse o principal papel do setor de recursos humanos (RH), uma das áreas mais valorizadas pelo mercado de trabalho em 2018, e que continua em alta em 2019, apesar da recessão na economia. As empresas passaram a ter interesse em encontrar as melhores políticas para o desenvolvimento das equipes.
 
Em geral, os profissionais de RH são formados em administração e psicologia, além de possuírem também pós-graduação em gestão de RH. No entanto, essa especialização é direcionada aos profissionais que têm interesse em atuar com gestão de pessoas sem, necessariamente, terem cursos superiores de áreas afins.
 
Conforme afirma o gerente de capital humano da Deloitte, Daniel Magalhães, os profissionais que desejam trabalhar com gestão de RH devem enxergar o setor de RH não apenas como uma área operacional, mas, sim, como uma área estratégica da organização, e importante na tomada de decisões.
 
A principal missão do gestor de pessoas é promover a eficiência dos colaboradores e, para isso, ele deve planejar e coordenar atividades que visam otimizar condições que contribuam para a realização profissional e satisfação pessoal dos profissionais. "Procurem expandir seus pensamentos para uma visão mais holística, como ambiente, mercado e concorrentes, procurando entender como o RH pode contribuir com a empresa", orienta o especialista.

Já os especialistas consultados pela pesquisa salarial da Robert Half, afirmam que se destaca o gestor de RH que promove o entusiasmo das pessoas pelo trabalho para que, em épocas de dificuldade, os funcionários estejam empenhados e motivados a se dedicarem ainda mais pelos projetos da empresa.  Além disso, um bom gestor de pessoas deve ter perfil inovador, o que significa dar espaço para novas ideias e redefinir processos de trabalho.
 
Em relação aos salários de RH, a maior valorização fica por conta do diretor de recursos humanos que, em empresas de pequeno porte pode ganhar remuneração inicial de R$ 20 mil, segundo o estudo da Robert Half. Já em empresas de grande porte, o salário inicial do mesmo cargo corresponde a R$ 25 mil.

Ainda de acordo com a pesquisa, quem pretende atuar como gestor de recursos humanos, em empresas de pequeno porte, receberá salário inicial de R$ 10 mil, enquanto que, em empresas de grade porte, o valor pode chegar a R$12 mil. 

Assessoria de imprensa