// GOOGLE ANALYTICS
NOTÍCIA
FIQUE POR DENTRO DA FAAG


Livros da inclusão
Alunos de Pedagogia criam publicações sensoriais para incluir crianças surdas ao mundo da leitura
10/06/2019

A falta da audição pode representar uma dificuldade para o aprendizado de muitas crianças surdas. O som faz toda a diferença na hora de conhecer e experimentar novos conhecimentos. Alunos do curso superior de Pedagogia da FAAG (Faculdade de Agudos) desenvolveram livros sensoriais que de forma lúdica trazem um conteúdo atrativo às crianças. As páginas são recheadas com atividades de matemática, língua portuguesa e habilidades básicas da educação infantil.
 
Interação não falta aos livros, que foram confeccionados com diferentes texturas e elementos que se movimentam. A criança pode grudar e desgrudar, abrir e fechar, encaixar, montar, calcular. "As atividades aprimoram a coordenação motora fina, a atenção, a concentração e a memória visual no aprendizado de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e da língua portuguesa. Isso garante uma educação bilíngue na formação educacional do aluno surdo", destaca a professora Tânia Garrido, docente na disciplina Libras e Deficiência Auditiva I e II do curso de Pedagogia da FAAG.
 
Os livros sensoriais produzidos pelos alunos têm como base o método Montessori (induz a criança a passar por experiências para aprender). O material tem a função de estimular a criança a ter interesse pelo aprendizado e realizar as atividades com autonomia. Uma outra parte da sala de aula apresentou vídeos de clássicos infantis em Libras, como a releitura da história dos Três Porquinhos.
 
"Os alunos devem sair da Faculdade capacitados para atender a diversidade nas escolas, inclusive os aprendizes surdos. Esses livros trazem atividades adaptadas em Libras, que contribuem com a alfabetização das crianças surdas", acrescenta Garrido. Os livros ficarão expostos na biblioteca da FAAG para consulta. 

Assessoria de imprensa