// GOOGLE ANALYTICS
NOTÍCIA
ACESSE TODAS AS NOTÍCIAS


FAAG passa a integrar Clube da Leitura para presos
Faculdade já tem alunos voluntários atuando no projeto
12/06/2017

Disseminar a leitura entre a população carcerária. Esse é o objetivo do Clube da Leitura, o qual a FAAG (Faculdade de Agudos) passou a integrar como voluntária. A Funap (Fundação "Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel") é dona do projeto, que tem parceria com a Cia das Letras, responsável por fornecer os livros aos presidiários. O papel da FAAG é fornecer voluntários para corrigir as resenhas dos presos, que as escrevem após lerem os livros.
 
Os penitenciários retiram os títulos, leem e fazem a resenha, que é encaminhada para correção dos voluntários do Clube da Leitura. Na sequência, é enviada ao juiz para avaliação de uma possível remição. O preso pode ter até 48 dias de perdão num ano caso faça uma resenha por mês. O juiz adota a prática se quiser.
 
Atualmente, a FAAG possui três alunos voluntários e já recebeu 23 livros. Desses universitários, dois são do curso de Recursos Humanos e um de Engenharia de Produção.
 
“O projeto é voltado para os presos da nossa região e tem por finalidade a formação de leitores e consequentemente a remição de pena para os participantes”, ressalta a professora da FAAG, Fabiana Zanella, responsável pela parceria com o Clube da Leitura.
 
Hoje, há 12 Clubes da Leitura com foco no sistema prisional em atuação no Estado de São Paulo. 

Assessoria de imprensa - Lucien Luiz